Grafite

Palavra de origem italiana 'graffito', significa 'escrita feita com carvão', o próprio carvão mineral encontrando no interior de lápis.

Mas o grafite contemporâneo como estamos mais acostumados a ver é uma forma de manifestação artística, conhecido por ser uma arte livre, e que tem como tela principalmente muros e paredes de edifícios e construções abandonadas.

Teve seu início em Nova York, no bairro do Bronx, na década de 70, onde jovens costumavam deixar suas marcas e assinaturas como forma de protesto. No Brasil, o grafite também começou a aparecer na década de 70 na cidade de São Paulo.

Relacionado diretamente ao estilo musical Hip Hop e ao estilo de vida dos rappers, era usado para expressar a opressão que viveram em certas épocas da história. Muitas vezes tida como poluição visual e vandalismo a patrimônios públicos, ao longo dos anos, esse movimento evoluiu, fazendo nascer técnicas específicas para esse tipo de pintura.

Hoje há grandes artistas conhecidos internacionalmente por seu talento e obras reconhecidas no mundo todo e o grafite, de modo geral, tem sido visto como uma forma de arte amistosa que embeleza o ambiente público uma vez que quebra a monotonia do cinza das cidades.

Termos e gírias usadas neste meio

Grafiteiros famosos do mundo todo